Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Inscreva-se através do e-mail: espacomaosecoracao@yahoo.com.br

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Veja como podemos valorizar os dias comuns!

No final de um certo dia alguém se dirigiu a mim e disse: “Hoje foi um daqueles terríveis dias comuns”.
Acho interessante como muitos têm uma visão equivocada sobre os “dias comuns”. Dias comuns são aqueles em que tudo foi exatamente como sempre havia sido antes. Normalmente eles são conhecidos como tediosos e maçantes. Para mim, os “dias comuns” têm grande valor. Sabe porquê?
Nos dias comuns eu não estou doente nem estou com dor (quando tenho alguma dor, o dia não é comum).
Nos dias comuns ninguém que eu amo faleceu ou está muito doente (quando alguém que eu amo está sofrendo, os dias não são comuns).
Nos dias comuns não perco o emprego, nem me chateio com alguém de lá.
Nos dias comuns a minha vida não está envolvida em nenhum escândalo ou catástrofe.
Nos dias comuns as pessoas que eu amo também me amam e não estão “de mal” comigo.
Nos dias comuns eu não passo fome nem frio.
Nos dias comuns eu não participo das guerras, nem vejo a morte bem perto de mim.
Nos dias comuns o sol não provocou uma seca, nem a chuva provocou uma enchente.
Nos dias comuns não sou assaltado nem seqüestrado.
Nos dias comuns os amigos não me traem.
Nos dias comuns eu estou em paz.
Percebeu? Dias comuns podem se tornar tediosos, mas dias “diferentes” (não comuns), podem ser muito difíceis e sofridos. Por isso, prefiro os dias comuns e escolho valorizá-los. O segredo está em descobrir os privilégios que se oferecem a cada momento de sua vida, quer sejam em dias normais, quer sejam em dias extraordinários… A expressão “dias comuns”, utilizada aqui, frise-se, é apenas figurativa, pois a meu sentir, todos os dias têm a sua peculiaridade, todos os dias estams aprendendo novas coisas, vivendo novas experiências, descobrindo algo novo… Se assim não ocorre com você, melhor reavaliar sua vida e deixar o tédio, a monotonia de lado… Viva, pois como sempre digo: a vida é agora.
No ordinário dos dias comuns eu vejo a luz que me envolve e me guia sempre para o melhor caminho a trilhar. Por isso sou grato pela beleza dos “dias comuns”.
Obrigada Senhor por mais um dia!

2 comentários:

Sônia Regina disse...

Que lindo!!!A beleza dos dias comuns!!!Vou observar, que Deus abençoe vcs!!!bjsss

por Ateliê Alternativo: Daisy disse...

Boa noite vim conhecer seu blog e adorei é lindo e este texto é simplesmente a realidade, nossos dias comuns são os melhores de nossas vidas, já estou te seguindo e mais uma vez parabéns pelo blog e pelos trabalhos, vou ficar muito feliz em receber sua visita em meu blog, tenha uma semana aençoada, fique com Deus bjs Daisy