Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Inscreva-se através do e-mail: espacomaosecoracao@yahoo.com.br

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Agradecendo as Pulgas!


"Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças;
porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para
convosco" (1 Tessalonicenses 5:16-18).

Corrie Teen Boom, em "Lugares Escondidos" relata um
incidente que lhe ensinou um grande princípio. Ela e sua
irmã Betsy acabavam de ser transferidas para o pior campo de
prisão alemã que já tinham visto, Ravensbruck. Ao entrarem
no alojamento, verificaram que estava infestado de pulgas. A
leitura das Escrituras, naquela manhã, lhes orientava a
estar sempre alegres, a orar sem cessar e dar graças em
qualquer circunstância. Betsy disse a Corrie para
interromper, por instantes, a leitura da Palavra para que
orassem agradecendo a Deus por cada detalhe naquele
alojamento. Corrie, a princípio, recusou-se a agradecer
pelas pulgas, mas Betsy insistiu. Finalmente ela concordou.
Durante os meses que passaram naquele campo elas ficaram
surpresas pelo fato de poderem manter as reuniões de oração
e estudo da Bíblia sem a interferência dos guardas. Somente
muitos meses depois elas ficaram sabendo que os guardas não
entravam naquele campo por causa das pulgas.

Muitas vezes, aquilo que nos parece ruim e motivo de grande
tristeza e frustração, pode ser, na realidade, uma grande
bênção para nossa edificação e crescimento espiritual. Deus
tem Sua forma de agir e, sempre, o que faz é para o nosso
bem e para nossa felicidade.

O que precisamos compreender é que "todas as coisas cooperam
para o nosso bem" e que precisamos ter os olhos espirituais
abertos para entender o propósito de Deus em cada situação.
Nem tudo que julgamos bom é o melhor para nós e nem tudo que
achamos ruim pode se traduzir como fracasso. Às vezes, são
os momentos mais turbulentos de nossa caminhada que nos
levam, verdadeiramente, ao regozijo das grandes conquistas.

Você costuma reclamar das "pulgas" que enfrenta? Talvez elas
sejam a maior bênção de toda a sua vida.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

terça-feira, 18 de agosto de 2009

O PRINCÍPIO DA BANANA

Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Tiago. 1:19.

Certa vez, uma mulher me contou como descobriu o "princípio da banana", com sua filha adolescente. Fiquei pensando: "O que será esse ‘princípio da banana’?" Ela explicou. Percebera que a filha sempre se retraía quando tinham alguma discussão. A garota simplesmente não expressava o que de fato sentia.

Um dia, ela pegou uma banana, sentou-se ao lado da filha e lhe fez uma pergunta. Enquanto a moça respondia, a mãe descascou a banana e lhe deu uma mordida. Depois de mastigar aquele pedaço, fez outra pergunta, deu nova mordida, e assim sucessivamente. Então notou que a filha conversava mais à vontade. O que acontecera? Enquanto a garota respondia à pergunta, a mãe não podia fazer qualquer comentário; apenas mastigava e ouvia. Este é o "princípio da banana": disposição para ouvir.

Pergunte e, depois, ouça.

Jesus era Mestre em fazer perguntas e ouvir pacientemente. Ele Se concentrava nos outros. Muitas pessoas centralizam-se em si mesmas. Para elas, ouvir é apenas uma pausa. Mal podem esperar que o interlocutor pare de falar, para que digam o que pensam. Estão mais interessadas em expor suas idéias do que ouvir as dos outros.

Mas, se uma pessoa fala sozinha, nunca pode saber o que vai na mente de outra. A essência do cristianismo é o interesse por outros. O amor permite liberdade de expressão dos pensamentos e sentimentos mais íntimos. Amar uma pessoa é importar-se genuinamente com ela. João escreveu: "Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus." I João 4:7.

Você não pode me amar se não me conhecer. E não pode me conhecer se não ouvir meu coração. Portanto, pegue uma banana. Descasque-a, faça uma pergunta e morda a banana. Depois, ouça com o ouvido e o coração.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009